Mídia kit: o que é e como fazer?

1 de maio de 2015 por na categoria Marketing Digital, Sites/Blogs com 0 e 1
Home > Blog > Marketing Digital > Mídia kit: o que é e como fazer?

Praticamente todo digital influencer(blogueiro do passado) antes de fechar negócio com empresas de médio a grande porte, é solicitado antes que o mesmo enviei seu portfólio, muitas vezes representado pelo dito Midia Kit, nome que se tornou muitíssimo comum após a era bloggers.

O assunto é polêmico, justamente porque não existe um texto oficial ou guia de boas práticas disponível sobre a construção de Mídia Kits. A falta de informação qualificada e específica sobre o tema faz com que os interessados tenham como referência apenas outros Mídia Kits de blogs mais experientes (o que acaba gerando um fenômeno desagradável: a reprodução quase que na íntegra de conteúdos que deveriam ser pessoais e intransferíveis).

Nós da Agência Pepper Web já realizamos a criação de mais de 30 mídia kits, desses, 90% foram por solicitação de blogueiras de todo o Brasil.

O QUE É MÍDIA KIT?

O Mídia Kit é um arquivo, tipo um catálogo(quanto impresso) ou sliders(no formato digital), disponibilizado pelos portais, sites, artistas e, principalmente em blogs, apresentando todas as características de acesso dessa página, seu público(por gênero e por idade) e demais dados relevantes para uma empresa que queira, com mais detalhes as informações.

PARA QUE SERVE O MÍDIA KIT?

Ele funciona como uma espécie de vitrine, onde o veículo destaca suas melhores características, motivando o anunciante a contratar espaço publicitário e outras formas de mídia paga dentro do seu site, como também o uso da imagem do blogueiro ou artista em eventos que consideram importante, assim como utilizá-lo em outros tipos de formatos publicitários. Sendo assim, ele é um recurso essencial a nível de apresentação.

POSICIONAMENTO

O que você oferece? Essa informação pode parecer óbvia, porém, é muitas vezes esquecida no processo de construção de um Mídia Kit. É imprescindível descrever o objetivo geral do seu projeto, especificar sobre o que você costuma falar, e porque as pessoas estão interessadas no que você tem a dizer. Dessa forma, os anunciantes passam a ter um melhor entendimento sobre o seu projeto e sobre o tipo de audiência que ele atrai.

BRANDING E DESIGN

O objetivo desse ponto é criar um documento de fácil acesso e leitura, uma apresentação agradável e clara, que reflita sua marca. Uma boa estratégia é privilegiar o mesmo esquema de cores, tipografia e qualquer outro elemento que enfatize a sua marca, ou seja, manter um identidade padrão à marca.

O seu leitor e eventuais contratantes devem ser capazes de identificar que aquele é o seu Mídia Kit, mesmo que ele esteja fora do seu endereço eletrônico (quando enviado por e-mail, por exemplo). O uso de gráficos facilita a leitura das informações e mostra organização na padronização.

DADOS DE SEGMENTAÇÃO

Incluir informações sobre os seus leitores, dados demográficos como sexo, idade e localização é importante porque as marcas querem saber se podem se conectar com seu público-alvo através do seu site. Se você não tem essa informação, pergunte! Uma pesquisa simples ou um post pedindo respostas será suficiente.

As informações mais relevantes para os profissionais de marketing são: sexo, idade, escolaridade e renda mensal pessoal. Outra informação de grande utilidade para os anunciantes são os hábitos onlinedos leitores. Dados referentes a quantidade de horas que os leitores passam online, se eles compram ou não pela Internet, que tipo de produtos eles consomem, são muito úteis na hora de definir se vale ou não a pena fechar uma parceria com você.

Se o número for consideravelmente grande, você pode até mesmo incluir uma porcentagem de quantos leitores efetivamente já compraram algum produto indicado por você, elevando o seu potencial como porta-voz de marcas e empresas.

 ESTATÍSTICA

Anunciantes querem saber exatamente que público você está alcançando, por isso, é essencial fornecer estatísticas reais de tráfego do seu projeto. Você pode conseguir essas informações através de ferramentas como o Google Analytics, Clicky e Quantcast.

Os dados estatísticos mais solicitados pelas agências são: visitas, visitantes únicos, visualizações de página, taxa de rejeição e tempo de permanência. Essas métricas são geralmente divulgadas em intervalos de um mês (visitantes únicos por mês, por exemplo). De acordo com as Definições de Métricas do Google Analytics:

  • Visita – Representa uma sessão individual iniciada por um visitante em um determinado site e expira dentro de 30 minutos. Se o usuário retornar ao site dentro desse período, ainda constará nos registros uma única visita.
    x
  • Visitantes únicos (unique visitors) – Indica o número de visitantes não duplicados (contados somente uma vez) no seu site durante um período específico.
    x
  • Visualização de página (pageview) – Representa uma página visualizada por um visitante em umsite. Sempre que uma página for carregada pelo navegador, será contado um pageview.
    x
  • Taxa de rejeição (bounce rate) – Representa o percentual de visitantes que chegou até o seu site, visualizou apenas uma página (chamada de “página de entrada”) e saiu dele, sem clicar em nenhuma outra página. Taxas inferiores a 65% são consideradas positivas, pois isso significa que os usuários estão interessados no seu conteúdo e estão buscando mais informações dentro do seu site.
    x
  • Tempo de permanência – Indica o tempo gasto por um visitante em uma determinada página.

Compartilhe também o número de assinantes de RSS, de newsletter e de outros tipos de feed, se o número de assinantes for relevante. JAMAIS divulgue informações falsas ou aumente a sua quantidade de visitas ou visualização de páginas. Se você promete algo que não pode cumprir, a sua relação com parceiros comerciais pode não acabar bem. É aconselhável manter sempre uma relação honesta com seus anunciantes (e leitores).

MÍDIAS SOCIAIS

Informe aos possíveis contratantes de quais mídias sociais o seu projeto faz parte. Divulgue o número de seguidores via Twitter, Facebook, Snapchat e Instagram e mostre em que outros sites você tem uma participação ativa e um engajamento por parte dos seus seguidores. Quanto mais seguidores você tiver, mais interesse será gerado para a sua página.

Caso você já tenha feito uma campanha ou ação que tenha envolvido mídias sociais, será válido mencionar o número de tweets, likes e outros compartilhamentos, mostrando o tipo de exposição que os próximos anunciantes podem esperar em campanhas futuras.

IMPRENSA

Caso o seu projeto tenha sido mencionado na imprensa, entre outros consagrados ou qualquer outro meio de comunicação relevante, recomenda-se que essa informação seja incluída no seu Mídia Kit. Menções positivas são mais uma prova da qualidade e credibilidade do seu conteúdo e reforçam o valor e o posicionamento da sua marca.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO E PREÇOS EM BLOGS E PORTAIS

Um Mídia Kit deve explicitar quais são as opções de espaço publicitário ofertadas, quais os tamanhos disponíveis para os anúncios e as suas posições dentro do site. Não existe uma fórmula exata na hora de calcular o preço das peças publicitárias e o procedimento mais comum é pesquisar os valores cobrados por blogs dentro do mesmo nicho e fazer os cálculos a partir daí. Divulgar esses valores dentro do Mídia Kit fica à critério do blogueiro.

As formas mais comuns de publicidade em blogs são:

  • Banner – Anúncio gráfico que pode ser tanto uma imagem estática quanto animada e que geralmente possui um link para o site do anunciante. Geralmente, o custo de um banner é calculado por tempo de exibição (um mês, por exemplo), por cada mil impressões de página (CPM) ou por cada clique (CPC).
    x
  • Post Patrocinado ou Publieditorial– A mensagem publicitária é vinculada como parte do conteúdo editorial do blog. Esse conteúdo pode ser enviado diretamente pelo anunciante ou escrito pelo próprio blogueiro, para se adaptar à linguagem do blog.
    x
    É prática comum deixar claro para o leitores que aquele é um post patrocinado, mencionando a natureza publicitária dentro do próprio artigo ou criando uma categoria ou tag específica para postspagos. Recomenda-se que a temática do publieditorial tenha uma adequação natural com o blog, caso contrário, a publicação pode gerar desconfiança e desconforto para os leitores do blog.
    x
  • Resenha Patrocinada – Segue os mesmos princípios do post patrocinado, só que nesse caso o blogueiro recebe para fazer uma resenha de determinado produto ou serviço. É de bom tom deixar claro para os anunciantes que não serão aceitos pagamentos por críticas exclusivamente positivas.
    x
  • Mídias Sociais Patrocinadas – São mensagens publicitárias divulgadas para os seguidores do blog em suas Mídias Sociais. Aqui, a transparência também é levada em consideração e costuma-se identificar a postagem como propaganda através da hashtag #pb, #publi ou #ad.
    x
  • Sorteios e Concursos – Para as marcas, sorteios e concursos são maneiras fáceis e baratas de divulgar seu nome e seus produtos para um novo público. Para os blogueiros, as recompensas podem vir na forma de maior audiência e maior número de seguidores em mídias sociais, aumentando sua credibilidade mediante futuros anunciantes.

QUEM JÁ ANUNCIOU

O Mídia Kit deve conter uma página com as principais marcas e empresas que já anunciaram no blog. Essas empresas podem estar representadas pelos seus logotipos, que podem conter links para as respectivas ações dentro do blog. Caso o blog tenha um caso de sucesso com alguma empresa e os números de uma ação específica sejam significativamente altos, vale a pena dar o devido destaque dentro da página.

DADOS PARA CONTATOS

Finalize seu Mídia kit com informações para contato como telefone, email, endereço, entre outros que considera importante.

Enfim, um Mídia Kit bem sucedido é aquele que expõe com clareza e atratividade todas as melhores características de um projeto online, seja ele blog, site, vlog, entre outros. Não é necessário incluir todas as informações listadas nesse post e é sempre bom lembrar que transparência e honestidade são alguns dos fatores que ajudam a construir uma reputação sólida de um blog com seu público e com anunciantes.

 

Escreva seu comentário

Pepper Web © todos os direitos reservados.