Seus clientes são humanos, não haja feito um robô!

8 de outubro de 2019 por na categoria Cursos online, Design, E-Commerce, Marketing Digital, Mobile, Redes Sociais, Sites/Blogs com 0 e 0
Home > Blog > Cursos online > Seus clientes são humanos, não haja feito um robô!

Parece uma informação óbvia, mas muitas empresas esquecem que seus clientes são mais que números e dados armazenados. Portanto, a razão é importante sim, mas a emoção também tem um grande peso na sua relação com o cliente. Muitas vezes a métrica não será capaz de te dar a resposta que você precisa sobre seu cliente, então sempre atente-se ao bom e velho “feeling” sobre seu negócio. Com tantas ferramentas de respostas rápidas e agendamentos de posts, facilitando o trabalho de profissionais de marketing e donos de empresas, o orgânico por muitas vezes é deixado de lado, dando espaço cada vez mais ao digital.
Com atendimentos cada vez mais sistematizados e a empresas cada vez mais preocupadas em análises de dados e métricas por muitas vezes é esquecido o conceito da marca, que são atrelados a sentimentos intangíveis, aquela identificação que o cliente sente ao adquirir o seu produto ou serviço.
Para evitar a automação de seus atendimentos, te passaremos algumas dicas para que você possa aplicar em sua empresa:

Responda com calma as dúvidas de sua audiência

As mensagens automáticas é uma ferramenta útil para direcionar sua audiência para um atendimento personalizado, mas se caso optar por responder as perguntas diretamente nas redes sociais é importante respondê-las com calma, usando uma linguagem leve, como se fosse uma conversa entre amigos. Se você deseja fechar uma venda, não faz sentido responder a seus clientes de maneira rápida, dando pouca atenção às suas dores e dúvidas, assim, ele não sentirá empatia com sua marca e provavelmente irá desistir da compra, e irá procurar em sua concorrência, respostas às dúvidas e o atendimento que ele merece.

Coloque -se no lugar do cliente

A chave de todo e qualquer negócio é o profundo conhecimento de seu cliente. Se você não conhecer o seu público alvo de verdade, nunca vai conseguir conquistar o coração dele. Faça-o também conhecer e entender o propósito e a essência da sua empresa, pois é isso que, no final, o fará se identificar e dar valor a ela. O relacionamento com o seu cliente nasce a partir do momento em que seu negócio passa a existir. Esse relacionamento funciona como um relacionamento: Deverá ter comunicação, empatia e respeito para que ele possa ser duradouro.

Não se trata de uma fórmula engessada, você deverá encontrar a melhor forma de comunicar-se com seu cliente e nesse percurso poderão ocorrer erros e acertos e é importante aprender e aprimorar suas estratégias com cada um dos erros e fortalecer os acertos. Tenha paciência e persistência, é um trabalho árduo e os resultados não aparecerão de uma hora para outra. Não pense apenas nas vendas a curto prazo, busque vendas sustentáveis e um equilíbrio de fato na relação entre a sua empresa e seus clientes, para que você pouco a pouco construa uma identificação de seus usuários com seu produto e assim você se tornará uma referência no seu ramo de atuação.

Automatizar e simplificar os atendimentos em meio a uma rotina tão corrida é de fato de grande ajuda, mas é preciso encontrar o equilíbrio para que seu cliente não perca a identificação de seus clientes com seu produto. Caso tenha maiores dificuldades em implantar as estratégias aprendidas ou necessita de uma consultoria, entre em contato conosco!

Parece uma informação óbvia, mas muitas empresas esquecem que seus clientes são mais que números e dados armazenados. Portanto, a razão é importante sim, mas a emoção também tem um grande peso na sua relação com o cliente. Muitas vezes a métrica não será capaz de te dar a resposta que você precisa sobre seu cliente, então sempre atente-se ao bom e velho “feeling” sobre seu negócio. Com tantas ferramentas de respostas rápidas e agendamentos de posts, facilitando o trabalho de profissionais de marketing e donos de empresas, o orgânico por muitas vezes é deixado de lado, dando espaço cada vez mais ao digital.
Com atendimentos cada vez mais sistematizados e a empresas cada vez mais preocupadas em análises de dados e métricas por muitas vezes é esquecido o conceito da marca, que são atrelados a sentimentos intangíveis, aquela identificação que o cliente sente ao adquirir o seu produto ou serviço.
Para evitar a automação de seus atendimentos, te passaremos algumas dicas para que você possa aplicar em sua empresa:

Responda com calma as dúvidas de sua audiência

As mensagens automáticas é uma ferramenta útil para direcionar sua audiência para um atendimento personalizado, mas se caso optar por responder as perguntas diretamente nas redes sociais é importante respondê-las com calma, usando uma linguagem leve, como se fosse uma conversa entre amigos. Se você deseja fechar uma venda, não faz sentido responder a seus clientes de maneira rápida, dando pouca atenção às suas dores e dúvidas, assim, ele não sentirá empatia com sua marca e provavelmente irá desistir da compra, e irá procurar em sua concorrência, respostas às dúvidas e o atendimento que ele merece.

Coloque -se no lugar do cliente

A chave de todo e qualquer negócio é o profundo conhecimento de seu cliente. Se você não conhecer o seu público alvo de verdade, nunca vai conseguir conquistar o coração dele. Faça-o também conhecer e entender o propósito e a essência da sua empresa, pois é isso que, no final, o fará se identificar e dar valor a ela. O relacionamento com o seu cliente nasce a partir do momento em que seu negócio passa a existir. Esse relacionamento funciona como um relacionamento: Deverá ter comunicação, empatia e respeito para que ele possa ser duradouro.

Não se trata de uma fórmula engessada, você deverá encontrar a melhor forma de comunicar-se com seu cliente e nesse percurso poderão ocorrer erros e acertos e é importante aprender e aprimorar suas estratégias com cada um dos erros e fortalecer os acertos. Tenha paciência e persistência, é um trabalho árduo e os resultados não aparecerão de uma hora para outra. Não pense apenas nas vendas a curto prazo, busque vendas sustentáveis e um equilíbrio de fato na relação entre a sua empresa e seus clientes, para que você pouco a pouco construa uma identificação de seus usuários com seu produto e assim você se tornará uma referência no seu ramo de atuação.

Automatizar e simplificar os atendimentos em meio a uma rotina tão corrida é de fato de grande ajuda, mas é preciso encontrar o equilíbrio para que seu cliente não perca a identificação de seus clientes com seu produto. Caso tenha maiores dificuldades em implantar as estratégias aprendidas ou necessita de uma consultoria, entre em contato conosco!

Escreva seu comentário

Pepper Web © todos os direitos reservados.